Como o Batman derrotaria os personagens da Liga da Justiça | Contingência Agamenon

E se os membros da Liga da Justiça se tornassem inimigos do Batman? Será que ele teria um plano para essa situação? Que lugares ele usaria ...

quinta-feira, 27 de julho de 2017

WhatsApp

Se não me falha a memória não é a primeira vez que eu escrevo sobre o aplicativo WhatsApp. É isso mesmo, o título foi "Eu odeio WhatsApp". Afirmação que uso até hoje!
Mas este texto aqui, se refere da dependência que as pessoas tem pelo Whats, que venho observando. Infelizmente eu utilizo o APP por causa do trabalho, faculdade, familia, etc., enfim.

Se referindo ao meu trabalho estou em três "Grupos", o corporativo, um outro que ela o nome de "Os que não valem nada", neste aqui, não está todo mundo da equipe (já da pra imaginar o porque) e um terceiro, mais recente que se trata de um procedimento especifico que poucos fazem na equipe. Fico me perguntando, será que não possuímos ferramentas o suficiente na empresa para manter a comunicação, é realmente necessário tantos grupos no WhatsApp? Temos e-mail corporativo, plataformas e até uma pasta compartilhada, para que raios tantos grupos no Whats App? Para ficar me passando Memes e correntes? 

As vezes acho que sou muito pragmática, muito direta. Ou será que o WhatsApp é só mais uma maneira de distração e entretenimento? Vai ver as pessoas realmente gostam de disso, gostam de mandar Bom Dia, Boa Tarde e Boa noite, todo Santo dia. Eu tenho minha forma de distração, tenho um blog que mais parece um caderno velho, que fica jogado no meu quarto, que contam como faço para manter minha sanidade.    

Mas quando você se torna escravo de algo ou de alguém, seja do Whats App, dos vícios ou do seu patrão, você perde sua verdadeira essência e logo não se reconhecera mais. Logo você será alguém moldado e alienado pelas "escravidões" da vida. 


Categorias